Chevrolet S10 2025 é divulgada: saiba mais sobre a nova picape!

No mundo das picapes, o sucesso da Ford Ranger têm incomodado a concorrência, e novatas como a Fiat Titano querem desbancar o reinado das mais tradicionais. Por essas e outras, a Chevrolet já revelou seu cronograma com a Nova S10: imagens da caminhonete renovada já foram divulgadas e, em breve, dia 05 de abril, já vão abrir sua pré-venda, enquanto a novidade seguirá em exposições e eventos do mundo agro Brasil afora. Preços, conteúdos de série e detalhes técnicos ainda são segredos, mas alguns dados já podem ser adiantados.

Foto: Chevrolet/divulgação

Antes de mais nada, vale falar: essa não é uma nova geração da picape da Chevrolet, apenas a segunda reestilização que o modelo sofre desde que chegou ao mercado nacional em 2012. Em uma solução similar àquela adotada na Spin, que também debutou no começo da década passada, a caminhonete recebe profundas mudanças dianteiras, traseiras e internas, com reforços importantes nas tecnologias e sistemas de segurança embarcados, porém conservando o chassis, parte mecânica e componentes de outrora, a exemplo das portas e janelas. Portanto, essa seguirá sendo a segunda geração da S10, porém profundamente reestilizada e atualizada.

Foto: Chevrolet/divulgação

Na dianteira, totalmente inédita, fica clara a inspiração em caminhonetes norte-americanas, como a Colorado: frente elevada e agressiva, com faróis afilados com projetores e luzes diurnas em LED, e uma grande grade, que fica na mesma altura das luzes de neblina. As laterais ficam marcadas pelas rodas e outros detalhes inéditos, como os estribos. Novas lanternas, uma tampa da caçamba toda vincada e “desenhada”, além do parachoque retocado dão novo aspecto à traseira, enquanto mudam os racks de teto e santantônio.

Foto: Chevrolet/divulgação

Por dentro, um novo painel, mais arrojado, passa a impressão de se estar a bordo de uma picape maior, enquanto novos instrumentos, multimídia, bancos e volante completam o visual inédito. A aposta será nas telas e comandos digitais: painel de instrumentos, central de 11″, ar-condicionado automático, em um claro passo da Chevrolet em busca de modernizar sua picape veterana. É, no mínimo, curioso, perceber que as únicas inalteradas são as laterais das portas: vai entender.

Parte da motorização segue, também: o 2.8 16v turbodiesel, de quatro cilindros e Common Rail, passa por melhorias no consumo de combustível, emissões de poluentes e outros parâmetros, com uma possível evolução nos seus números de potência e torque atuais (200 cv e 51 mkgf, respectivamente). Em contrapartida, ao invés de manter a transmissão automática de seis velocidades atual, o câmbio parceiro do 2.8 turbodiesel nas versões mais caras da picape deverá ser um de oito velocidades, mais moderno. Versões mais simples, especialmente aquelas de cabine simples, mantém a caixa manual de seis marchas.

Foto: Chevrolet/divulgação

O restante da mecânica deverá ser apenas aperfeiçoado, e não substituído, até por questões de produção da base já existente: freios a disco na dianteira e tambores traseiros, com suspensões dianteiras de triângulos duplos na dianteira e feixes de molas traseiros, enquanto a direção com assistência elétrica será outra a melhorar. Ainda é cedo para falar sobre espaço da caçamba, poder de reboque e capacidade de carga, mas, como se tratam apenas de mudanças profundas no carro que já existe, os números atuais não devem mudar muito: até 3.500 kg, 1.570 litros e 1.100 kg, na ordem (versões com cabine dupla).

Foto: Chevrolet/divulgação

Por outro lado, a ergonomia e itens de série da caminhonete tendem a passar por importantes reforços: os novos bancos, ao que tudo indica, tem melhores abas laterais e é esperado também um ajuste de profundidade da sua coluna de direção, item que a S10 atual não traz. Além da continuidade da versão “caipira” High Country, é certo que a nova linha da picape da Chevrolet seguirá com o alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa, ar-condicionado automático digital, controle automático de descidas, sensor crepuscular, ajuste de altura dos faróis, bancos em courvin e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

Foto: Chevrolet/divulgação

O novo design interno permitiu o reposicionamento dos comandos da tração 4×4 e reduzida para o lado esquerdo do painel, logo atrás do volante e próximo do botão giratório de iluminação. Há inéditas portas USB tipo C, a tão esperada partida do motor por botão (ao menos nas versões mais caras), um modo de trocas manuais para as oito velocidades da transmissão automática, e outras tecnologias são esperadas, como carregador de celular sem fio e chave presencial para destrancar as portas. Assim como no modelo atual, a novidade terá seis airbags e monitor de pressão dos pneus desde a versão mais simples, com cabine simples. Faróis e lanternas totalmente em LED são incertos.

Foto: Chevrolet/divulgação

A Chevrolet já adiantou que, enquanto fica em pré-venda, a Nova S10 2025 estará em exposição na feira agropecuária ExpoLondrina, realizada no Paraná entre o dia 05 e 14 de abril. Depois, a picape renovada surgirá na Tecnoshow, em Goiás, a partir do dia 08 de abril, e, no final do mês, será vista de perto pelo público da Agrishow, outro grande evento do mundo agro, em Ribeirão Preto (SP). Segundo a marca da Gravatinha Dourada, além da S10, estão programadas mais quatro novidades na sua linha de produtos até o final de 2024.

Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.