Os carros mais baratos de cada segmento: Valem a pena?

Agora, com os novos ares que a economia começa a respirar, o consumidor ainda atônito com tudo o que o país sofreu nesses últimos quatro anos, está em dúvida: Agora é o momento de comprar o carro dos meus sonhos ou vou buscar a opção mais barata de mercado que atenda as minhas necessidades? Diante desse dilema, busquei no mercado os negócios que mais chamaram a minha atenção dentro de cada segmento. Pesquisei desde o carro mais simples e barato, até uma bela e vistosa picape cabine dupla, passando por sedã compacto, hatch compacto, picape pequena, SUV, sedan compacto premium e sedan médio. Mas é sempre bom lembrar que, nem sempre o carro mais barato é o melhor negócio. Há fabricantes ou importadores que podem gerar problemas futuros no pós-venda: É preciso que o fabricante ou importador garanta o fornecimento de peças e assistência técnica à seus produtos. Pode parecer um comentário óbvio, mas se você escolher um dos carros mais baratos dessa lista, procure na internet a palavra de proprietários ou a opinião de especialistas sobre o produto que você escolheu. Outro ponto a ser considerado: A desvalorização do veículo. Você pode comprar por uma pechincha, mas, na hora da revenda, com uma desvalorização alta, você acaba perdendo dinheiro. Fique atento. Algumas vezes, é preferível pagar um pouco mais e adquirir um carro de melhor qualidade e menor desvalorização. Confira preços e alguns equipamentos de cada modelo:

Chery QQ Smile (Subcompacto)

Chery/Divulgação

Montado no interior do estado de São Paulo, o Chery QQ já tem parte de seus componentes nacionalizados. Equipado com um motor 1.0 tricilíndrico Flex que produz 75cv(Etanol), tem como principal destaque seu atraente preço de R$27.490. Com 3,56m de comprimento, tem o seu calcanhar de aquiles na contida capacidade do porta-malas: 160 litros. Um típico carro urbano, que pode servir a um casal em pequenas viagens, que utilizaria o banco traseiro para acomodar o restante de sua bagagem. A Chery oferece 3 anos de garantia. Essa versão de entrada, chamada de Smile, oferece como principais equipamentos o Rádio AM\FM, vidros dianteiros elétricos, abertura interna do porta-malas e painel digital com computador de bordo. Ficam de fora alguns itens básicos, como ar-condicionado ou limpador e desembaçador do vidro traseiro, que estão disponíveis nas versões um pouco mais caras. Como concorrentes, tem Fiat Mobi e Renault Kwid.

Lifan 530 (Sedan compacto)

Lifan/Divulgação

Medindo 4,30m de comprimento e com uma distância entre-eixos de 2,55m, o Lifan 530 tem dimensões generosas que se refletem no seu espaço interno e no bom tamanho do seu porta-malas, de 475 litros. Com design que não perde para seus concorrentes, o 530 é equipado com um motor 1.5 de 103cv e câmbio manual de 5 marchas. Montado no Uruguai, esse sedã surpreende pelo que oferece de equipamentos de série e seu atraente preço: R$43.990. De série, o sedan conta com: Freio a disco nas quatro rodas, direção elétrica, ar-condicionado, travas, retrovisores e vidros elétricos nas quatro portas, CD Player com MP3, Isofix, sensor de ré, computador de bordo, bancos de couro ecológico e rodas de liga leve diamantadas de 15”. Além disso, a montadora oferece uma boa garantia de 5 anos. Seus concorrentes, equipado com os mesmos itens são, no mínimo, R$10 mil mais caros, como por exemplo Chevrolet Prisma, Ford Ka Sedan, Volkswagen Voyage, entre outros. O 530 tem garantia de 5 anos.

Hyundai HB20 Unique (Hatch compacto)

HB20 na versão Comfort Plus (Hyundai/divulgação)

A sabedoria popular dificilmente erra: Não é à toa que o Hyundai HB20 é um dos carros mais vendidos do mercado nacional e faz sucesso desde o seu lançamento. A Hyundai oferece o melhor preço de entrada entre os hatches compactos, os carros mais comercializados em nosso mercado: R$44.490. De série, o hatch conta com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, computador de bordo, desembaçador e limpador do vidro traseiro, Isofix e travas elétricas. Na mecânica, o HB20 usa um motor 1.0 3 cilindros que produz 80cv(Etanol) com 10,2 mkgf de torque ligado a um câmbio manual de 5 marchas. A Hyundai oferece uma garantia de 5 anos. Na concorrência, temos VW Gol, Ford Ka, Chevrolet Onix, Fiat Uno, etc.

Fiat Strada Working (Picape leve)

Fiat/Divulgação

A Strada é uma dessas picapinhas que não tem muito à se dizer: Lançada em 1997, já passou por inúmeras reestilizações e reformulações de modelos. Um carro absolutamente maduro e confiável, qualidades que se refletem na estabilização do seu preço no mercado, causando pouca desvalorização, fácil manutenção e proporcionando uma revenda rápida. A versão Working, mais indicada para o trabalho, é oferecida pela Fiat ao mercado a partir de R$51.990. Ela vem com computador de bordo, função follow me home, iluminação da caçamba e preparação para som. Tem uma capacidade de carga de 705 kg, o que atende as necessidades de um pequeno negócio. Equipada com motor 1.4 de 88cv e 12,5 mkgf de torque, é econômica e seu desempenho é suficiente para seu propósito. A melhor opção no seu segmento quando o assunto é preço. Suas duas únicas concorrentes são Volkswagen Saveiro e Chevrolet Montana. A Fiat oferece garantia de 3 anos.

Chery Tiggo2 Look (SUV)

Tiggo2 na versão Act (Chery/Divulgação)

Essa é uma categoria interessante e relativamente nova no mercado nacional. São os SUV’s compactos (Chamados também de crossover por alguns), que tem comprimento pouco acima dos 4 metros. Por enquanto, as chinesas JAC e Chery e japonesa Honda tem produtos nesse atraente e crescente segmento, que atende aquele público que deseja e gosta de SUV, mas que não quer investir muito dinheiro nesses veículos. Pelo seu porte contido, os carros são visualmente interessantes e agradam em cheio, principalmente ao público feminino. Nessa categoria, a Chery tem o preço mais interessante com o Tiggo2 na versão Look, oferecido por R$60.490. É equipado com um motor 1.5 16V de 115cv e 14,9 mkgf (Etanol) acoplado a uma transmissão manual de 5 marchas. De série, ele vem com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, retrovisores com regulagem elétrica, rodas de liga-leve aro 16, luzes diurnas em LED, freios a disco nas quatro rodas, controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle eletrônico de tração, assistente de partida em rampas, ISOFIX, monitor de pressão dos pneus, sensores de estacionamento traseiros, computador de bordo, entre outros. A Chery oferece garantia de 5 anos. Seus principais rivais são JAC T40 e Honda WR-V.

Honda City DX (Sedan compacto premium)

Honda/Divulgação

Pode até parecer estranho a Honda ter o carro mais barato de qualquer um dos segmentos que atua, mas é verdade. Nesse segmento dos sedans compactos premium o City é o mais barato de uma fatia que engloba VW Virtus, Chevrolet Cobalt, Toyota Yaris Sedan, entre outros. Mas para quem quer comprar esse Honda mais barato por R$62.800, uma advertência: Ele não vem com mimos como câmbio automático, central multimídia ou rodas de liga leve. Seu motor é o 1.5 16v flex de 116cv e 15,3 mkgf de torque máximo acoplado a um câmbio manual de 5 marchas, mecânica idêntica à do seu irmão Fit na versão de entrada. Como equipamentos de série, o carro vem com direção elétrica, luzes diurnas em LED, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, retrovisores com ajuste elétrico, Isofix, rádio AM/FM com 2 alto-falantes, computador de bordo e rodas aro 15 com calotas plásticas. A Honda tem garantia de 3 anos para toda sua linha.

Kia Cerato (Sedan médio)

Kia/Divulgação

O Kia Cerato vem importado da Coreia e oferecido a partir de R$75.990 e, até mesmo por causa do posicionamento dele no mercado, vem bem equipado. O Cerato é oferecido com motor 1.6 Flex de 128cv e câmbio automático de 6 marchas. Como equipamentos, oferece ar-condicionado digital de duas zonas, acendimento automático dos faróis, volante multifuncional com paddle shift, rádio com CD Player e MP3, piloto automático, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, Isofix, luz diurna de LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e rodas de liga leve aro 16. Onde o Cerato decepciona mesmo é no tamanho do porta-malas, que poderia ser maior para o porte do carro: Apenas 421 litros. Ele briga com outros médios como o Mitsubishi Lancer e também com alguns sedans compactos premium como VW Virtus, Honda City e Toyota Yaris Sedan nas suas versões mais caras. A Kia oferece garantia de 5 anos.

S10 Advantage Flex (Picape média cabine dupla)

Chevrolet/Divulgação

Desde que foi lançada no mercado nacional em meados dos anos 90, a S10 sempre foi sinônimo de sucesso. Mesmo considerando o fato da primeira geração seguir até 2011, quando foi apresentada a geração atual (Que não tem nada a ver com a primeira), a S10 continua sendo uma das preferências nacionais. Essa versão, até pelo fato de ser oferecida com motor 2.5 flex de 206cv, transmissão manual de 6 marchas e somente tração dianteira, a Chevrolet foi bem agressiva no preço inicial dessa cabine dupla: R$107.690. O valor mais baixo entre as picapes médias de cabine dupla com motorização flex. Por isso, não espere dela aquela característica marcha lenta compassada dos motores diesel, nem a tração integral que normalmente equipa essas picapes. A S10 Advantage vem de série com ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricas nas quatro portas, retrovisores com ajuste elétrico, computador de bordo, monitor de pressão dos pneus, central multimídia de 7” com Android Auto e Apple CarPlay, controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, controle eletrônico de velocidade em aclives, rodas de liga leve aro 16”, entre outros. Por pouco mais de R$100 mil, essa S10 é bastante interessante para quem quer uma picape de porte avantajado e bem equipada sem gastar muito dinheiro. Sua garantia é de 3 anos e como principais concorrentes temos Ford Ranger, Toyota Hilux, Mitsubishi L200 Triton, entre outras.

Compartilhar:
Ainda não há comentários! Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *