(Lançamento) Fiat Fastback não é Pulse nem VW Nivus. Preços começam em R$130 mil

Chegou ao mercado o Fastback, SUV coupé que a Fiat já tinha em seus planos há mais de quatro anos. Conforme explicamos aqui, juntamente com outras informações preliminares, o Fastback, inicialmente, era para ser derivado da picape Toro, mas, com os reflexos da crise econômica brasileira e complicações da pandemia, o projeto teve uma reviravolta e agora deriva do crossover Pulse. Como ressalta a própria Fiat, esse é o seu lançamento mais importante nos últimos anos.

Foto: Fiat/divulgação

Seu nome, inclusive, remete à categoria de carros com design fluído, de curvas dinâmicas e, geralmente, grande inclinação do vidro traseiro. O Fiat Fastback, segundo a fabricante, consegue reunir o melhor de cada segmento: tem altura do solo e posição de guiar elevada dos SUVs, porta-malas com nada menos que 516 litros (digno de minivans) e performance esportiva graças ao conjunto propulsor sempre turbo.

Foto: Fiat/divulgação

Suas dimensões são curiosas, já que ele tem o mesmo comprimento de um Jeep Compass (4,42 m), altura praticamente igual a de um Fiat Mobi Trekking (1,54 m), e 1,77  de largura. No entre-eixos, os mesmos 2,53 m de Argo/Cronos e Pulse, assim como acontece no tanque de combustível com 47 litros de capacidade. Por outro lado, destaque para seus ângulos de ataque (20,4º) e saída (21,2º) elogiáveis.

Foto: Fiat/divulgação

Mecanicamente, ele é conhecido, já que conta com uma plataforma parente daquela encontrada no Pulse (MPP, enquanto no Fastback temos a MLA), que, por sua vez, deriva da MP1 de Argo/Cronos. Suas suspensões são tipo McPherson na dianteira com eixo de torção na traseira, enquanto os freios são a disco ventilado na dianteira e tambores na traseira. A direção elétrica progressiva também é de série no pacote.

Foto: Fiat/divulgação

São três versões no catálogo do Fastback, pelo menos por enquanto: Audace, Impetus e uma série especial de lançamento chamada de Limited Edition. A de entrada parte de R$129.990, a intermediária é tabelada em R$139.990, enquanto a mais cara chega aos R$149.990.

Foto: Fiat/divulgação

Nas duas primeiras, ele é movido pelo 1.0 turboflex T200 já encontrado no Pulse, que desenvolve 125/130 cv de potência com 20,4 mkgf de torque (gasolina/etanol), em conjunto com um câmbio automático tipo CVT de sete velocidades simuladas. A Fiat garante que as versões 1.0 turbo são as mais econômicas do mercado com essa cilindrada de propulsor superalimentado.

Foto: Fiat/divulgação

Na topo de linha está o 1.3 turboflex T270 de Fiat Toro e Jeep Renegade/Compass/Commander com seus 180/185 cv de potência e 27,5 mkgf de torque. Nesse caso, a transmissão é a Aisin AT6 com conversor de torque e seis marchas. Mesmo nos carros 1.0 turbo, o Fastback tem bom desempenho, e consegue ir de 0 a 100 km/h em menos de 9,5 segundos, beirando os 200 km/h de velocidade máxima. O 1.3 turbo é praticamente esportivo: 8,1 segundos e 210 km/h, na ordem.

Foto: Fiat/divulgação

Como esperado, o modelo conta com itens como ar-condicionado automático digital, saídas de ventilação traseiras, faróis em LED, freio de mão eletromecânico com função AutoHold, carregador de celular sem fio, multimídia de 8,4” com conexões wireless e o pacote ADAS de assistentes de condução, composto pelo alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa e farol alto com comutação automática de série desde a versão de entrada. Pena que tenha só 4 airbags (dois frontais e dois laterais), inclusive na mais cara Limited Edition.

Foto: Fiat/divulgação

A distribuição do novo SUV Coupé Fastback já está sendo feita para a rede de concessionárias da marca no Brasil, e o modelo, assim como os demais da linha Fiat, conta com três anos de garantia sem limite de quilometragem. A marca ainda destaca a cesta de peças básicas mais acessível dentre os concorrentes, bem como a lista com mais de 35 acessórios oferecidos para o modelo. Nas cores de carroceria, Preto Vulcano, Branco Banchisa, Prata Bari, Cinza Silverstone, Cinza Strato e a Vermelho Monte Carlo, que só existe na Limited Edition.

Foto: Fiat/divulgação

Confira abaixo os itens de série de cada versão:

Audace T200 CVT – R$129.990

Pacote ADAS (frenagem automática de emergência, alerta de mudança de faixa e comutação automática dos faróis), controle de estabilidade e tração, airbags frontais e laterais, rodas de liga leve de 17”, freio de mão eletrônico com Auto Hold, ar-condicionado automático e digital, paddle shifters (borboleta no volante), sensor e câmera de estacionamento traseiros, wireless charger, central multimídia com tela de 8,4” com pareamento sem fio e faróis/lanternas Full LED.

Foto: Fiat/divulgação

Impetus T200 CVT – R$139.990

Itens da Audace mais bancos revestidos em couro, acabamento interno escurecido, sensor de estacionamento dianteiro, pintura bicolor com teto em preto, faróis de neblina dianteiros com função cornering, roda com acabamento diamantado de 18″, retrovisores externos com rebatimento elétrico, tapetes de carpete, painel de instrumentos 7″ Full Digital e central multimídia de 10,1″ com Apple Carplay e Android Auto sem fio.

Foto: Fiat/divulgação

Limited Edition T270 AT6 – R$149.990

Itens da Impetus mais rodas exclusivas de 18” com pintura escurecida, além de emblemas “Limited Edition” e “Powered by Abarth” espalhados pela carroceria.

Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.