(Lançamento) Jeep Renegade ganha versão “basicona” para baixar preço

O histórico de versões básicas do Jeep Renegade em seus oito anos de mercado é longo: teve a Custom, a STD (Standard), a 1.8 flex sem nome, a Moab (essa sempre turbodiesel), Sport 1.8, Sport T270, cada época uma diferente. Desde o lançamento da linha 2022, esse posto de porta de entrada ficou para a Sport T270, que figurava como o Jeep mais barato do Brasil desde então. Agora, mais uma vez, isso mudou…

Foto: Jeep/divulgação

Para reduzir seu preço básico de quase R$135 mil e retomar o espaço de mercado que vem perdendo, o Renegade passa a ser oferecido com uma nova versão de entrada: 1.3 Turbo. Assim como na antiga 1.8 flex, não há um nome ou apelido carinhoso, mas sim a descrição básica da motorização. Aliás, seu motor é o mesmo 1.3 turboflex de quatro cilindros e 16 válvulas, com injeção direta e fundição em alumínio, que equipa toda a linha do SUV no mercado nacional.

Foto: Jeep/divulgação

A nova versão “basicona” é uma simplificação da já enxuta Sport T270, conseguindo assim chegar aos R$125.990. A meta é clara: combater os SUVs compactos com motor 1.0 turbo, como VW T-Cross, Chevrolet Tracker ou Hyundai Creta, mas apostando no plus do powertrain mais forte e tecnologias de série. Lembrando que esse Renegade entrega ótimos 180/185 cv de potência e 27,5 mkgf de torque (gasolina/etanol), com câmbio de seis marchas, assim como o Sport T270.

Foto: Jeep/divulgação

A redução de conteúdo foi pequena, com o modelo abdicando dos racks de teto, tapetes de borracha, tampão interno do porta-malas, filtro especial de desinfecção da cabine (o Healthy Cabin) e outros detalhes menores. Continuam os luxos das rodas aro 17, faróis em LED, multimídia de 8” completa, 6 airbags, piloto automático, freio de mão eletromecânico, volante ajustável em altura e profundidade, além do alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa ativo e detector de fadiga do condutor.

Foto: Jeep/divulgação

E há um pacote opcional chamado Exclusive, que ainda não teve o conteúdo revelado, mas que no caso da Sport adiciona bancos em couro e rodas 18” diamantadas (no caso da nova versão, a Jeep fala em “algumas novidades” para o pacote). Apesar da configuração 1.3 Turbo já estar no configurador do site da fabricante, por enquanto a indicação é de não haver nenhum opcional disponível. O mistério permanece.

Foto: Jeep/divulgação

Essa é a quinta versão da linha Renegade, composta ainda pela Sport T270, Longitude T270, Série S T270 e Trailhawk T270. As duas últimas vem com tração 4×4 com seletor de tipos de terreno, além da transmissão automática de 9 velocidades. As cores são poucas: Preto Carbon (sólida), Prata Billet e Cinza Granite (metálicas), além da Branco Polar perolizada.

Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.