(Lançamento) Caoa-Chery estreia Tiggo 5x de R$120 mil para aproveitar incentivos fiscais

Depois de começar o ano meio devagar e perdendo espaço nas vendas, a Caoa-Chery aproveitou os novos incentivos do governo para carros de até R$120 mil e lançou, exatamente por esse preço, uma nova versão do SUV compacto Tiggo 5X, chamada de Sport. Custando R$35 mil a menos que um 5x Pro, único disponível até então, a novidade perde poucos itens e passa a ser um dos melhores negócios do segmento pela relação custo X benefício, junto do Peugeot 2008 THP.

Basicamente, caíram fora as rodas aro 18 com acabamento diamantado, trocadas por um jogo 17” mais simples, e coisas supérfluas num carro desse preço, como o teto panorâmico elétrico, ar-condicionado digital automático dual zone (virou manual de uma zona), faróis em LED (trocados por lâmpadas halógenas), câmera 360º (manteve apenas a de ré), e só. Encolheu ainda a paleta de cores: ficou só preto, prata e cinza, mas todas com acabamento metálico.

Oficialmente, são R$119.990, preço que o coloca dentro do pacote de incentivos fiscais do governo para redução de preços dos chamados carros populares. Como esse abono varia de acordo com a faixa de preço, eficiência energética e nível de nacionalização do carro, e só deve entrar em ação depois de decreto e medida provisória oficiais, ainda é cedo para definir as vantagens específicas na compra do Tiggo 5x Sport.

Apesar de simplificado, muitos luxos ficaram no Sport, como a iluminação ambiente em LED, o acendimento automático dos faróis, banco do motorista com ajustes elétricos, partida remota do motor, chave presencial, bancos em couro e retrovisores com rebatimento elétrico, por exemplo. Isso leva a crer que, num esforço um pouco maior de enxugar a lista de itens de série, o Tiggo 5x Sport chegaria perto de ser o SUV compacto mais barato do Brasil, possivelmente baixando dos R$110 mil.

Foto: Caoa-Chery/divulgação

Do outro lado da moeda, a fabricante aproveitou também para apresentar o Tiggo 5x Pro Hybrid Max Drive (ufa!), topo de linha que, além da propulsão híbrida leve de 48V, fica mais seguro com piloto automático adaptativo (ACC), alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa, farol alto com comutação automática, monitor de ponto-cego e alerta de tráfego cruzado traseiro. De quebra, ele é o único da linha 5x com sensor de chuva de série.

Foto: Caoa-Chery/divulgação

Seu preço, de R$164.990, é apenas R$5 mil mais caro que o 5x Pro Hybrid sem os assistentes de condução, que continua sendo oferecido por R$159.990. De qualquer forma, o motor 1.5 turboflex, de quatro cilindros e injeção direta, é o mesmo para toda a linha. A diferença está na potência e torque: são 147/150 cv com 21,4 mkgf de torque nos carros puramente a combustão, contra 160 cv e 25,5 mkgf dos Hybrid. A caixa é CVT com 9 velocidades simuladas, e todos os Tiggo 5X tem suspensões independentes e freios a disco nas quatro rodas.

Foto: Caoa-Chery/divulgação
Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.