Gurgel Supermini: Comercial de lançamento (vídeo)

Resposta da Gurgel para os recém-lançados carros 1000 (Uno Mille, Chevette Júnior, Gol 1000 e Escort Hobby), o Supermini chegou em meados de 1992 e era, basicamente, uma evolução do BR-800. Seu motor 0.8, uma variação do conhecido Gurgel Enertron, desenvolvia apenas 36 cv e 6,6 mkgf de torque.

Mesmo pesando 645 kg, o modelo tinha desempenho bastante inferior ao de seus concorrentes: 0 a 100 km/h em longos 35 segundos e velocidade máxima de aproximadamente 120 km/h.

O Supermini acabou não caindo no gosto do público brasileiro, tendo sua produção encerrada no final de 1994 e saindo de linha oficialmente em 1995, com o fim das unidades em estoque.

Compartilhar:
Tem 20 anos, atualmente cursa Publicidade e Propaganda na Universidade Paulista, é filho do jornalista Douglas Mendonça, e desde que se conhece por gente, convive com carros e está envolvido no mundo automobilístico. Aprendeu a ler nas revistas automotivas, cresceu frequentando oficinas, corridas, encontros e eventos com o pai, e daí veio sua maior paixão: os carros. Um gearhead legítimo, Lucca se tornou o braço direito do pai após sua perda de visão em 2012, ajudando na produção de matérias, reportagens, avaliações e textos sobre carros. No Carros & Garagem, é responsável pela cobertura de eventos de lançamento de novos veículos, e produz avaliações, fotos e comparativos de modelos. Os carros estão até nos seus hobbies: Possui um acervo com mais de 300 manuais do proprietário de veículos diversos, incluindo antigos e modernos, além de colecionar revistas, folders, catálogos, e vários outros materiais automotivos.