Novo Audi e-tron Sportback chega a partir de R$512 mil, Q7 renovado também foi lançado

Com um belo plano de expansão da sua linha no Brasil, a Audi apresentou essa semana dois novos SUVs: ocupando o posto de maior utilitário da marca, o Q7 foi totalmente reestilizado, e o 100% elétrico e-tron Sportback chega para fazer dupla com o e-tron “convencional”, lançado em abril. Saiba mais sobre essas novidades a seguir:

e-tron Sportback, 100% elétrico e custando a partir de R$512 mil

Audi/divulgação

Desde o início da pré-venda do e-tron com carroceria “normal”, em fevereiro, o modelo tem feito bastante sucesso, sendo atualmente o carro elétrico mais vendido do Brasil e acumulando mais de 100 unidades comercializadas desde então. A novidade, batizada de e-tron Sportback, tem carroceria coupé para realçar a esportividade (à la BMW X6, Mercedes-Benz GLE, VW Nivus, etc.), mas manteve a mesma motorização da versão comum, composta por um par de motores elétricos, alimentados por 36 módulos de baterias de íons-lítio dispostos no assoalho, rendendo 408 cv e 67,7 mkgf de torque.

Como todo bom elétrico, esse torque é disponível de imediato ao comando do acelerador, resultando em ótimos números de desempenho para esse utilitário de aproximadamente 2.650kg: segundo a Audi, ele cumpre a prova do 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e velocidade máxima de pouco mais de 200 km/h (limitada eletronicamente). Podendo ser totalmente recarregado em tomadas caseiras de 110/220V ou maiores tensões, esse conjunto gera uma autonomia de até 446 km (pelo ciclo WLTP europeu), cerca de 10 km a mais que o e-tron convencional, devido a sua carroceria coupé com cx de apenas 0,25, mais aerodinâmica.

Além das tomadas convencionais, o e-tron Sportback pode ter uma carga rápida de até 80% da bateria em 30 minutos em qualquer uma das estações de recarga de 150kW Audi espalhadas pelo país. Fora isso, o sistema tem um reaproveitamento de energia, que funciona em frenagens, por exemplo, que, assim como nos veículos híbridos, ajuda a recarregar as baterias. Esse sistema é responsável, sozinho, por cerca de 30% da autonomia total do carro.

Com 4,90 m de comprimento, 2,04 m de largura e ótimos 2,92 m de entre-eixos, o e-tron Sportback conta também com uma boa dupla de porta-malas (traseiro e frontal), que somados resultam em 615 litros. Fabricado na planta de Bruxelas, na Bélgica, o e-tron Sportback tem garantia de 4 anos (8 nas baterias), e já está disponível nas concessionárias Audi do Brasil, vendido em duas versões. Veja abaixo alguns equipamentos de destaque e preços das duas configurações:

Performance – R$511.990

Ar-condicionado digital quadri-zone, volante e bancos dianteiros com ajustes totalmente elétricos, teto-solar panorâmico, suspensão pneumática adaptativa, luzes internas em LED, rodas de liga-leve aro 21, conjunto óptico full-LED, farol alto automático, assistente de saída de faixa, controle de cruzeiro adaptativo (ACC), porta-malas com abertura e fechamento elétrico, sistema de auxílio de estacionamento com câmera 360º, 8 airbags, entre outros.

Como opcionais, estão o Pacote Tecnológico (composto pelo head-up display, alerta de colisão e assistente de visão noturna), além da pintura metálica.

Performance Black – R$551.990

Itens da Performance mais bancos em Alcantara, kit externo S-Line (com adereços estéticos e pinças de freio laranja) e sistema de som Bang & Olufsen 3D com 16 alto-falantes.

A lista de opcionais dessa versão topo de linha é maior: além do Pacote Tecnológico, também estão disponíveis o pacote Side Assist (que inclui o alerta de colisão traseiro, aviso de desembarque de passageiros, alerta de mudança de faixa e alerta de tráfego cruzado com frenagem emergencial), retrovisor virtual (que substitui os espelhos externos por câmeras que transmitem a imagem para pequenas telas nas portas) e faróis full-LED Matrix HD com luzes de direção dinâmicas (que acompanham o movimento do volante).

Ao todo são 11 cores externas disponíveis na versão Performance: Azul Galáxia, Azul Navarra, Bege Siam, Branco Geleira, Cinza Manhattan, Cinza Tufão, Prata Florete, Preto Brilhante, Preto Mito e Vermelho Catalunya. No interior, são três opções: bege, preto e marrom. Na versão Performance Black, são nove cores externas: Azul Antigua, Azul Navarra, Bege Siam, Branco Geleira, Cinza Daytona, Prata Florete, Preto Brilhante, Preto Mito e Vermelho Catalunya, e duas interiores (cinza e preto).

Novo Q7 2021 agora só tem 7 lugares e começa em R$415 mil

Audi/divulgação

Aproveitando o lançamento do e-tron Sportback, a Audi também apresentou o Novo Q7, grandalhão da fabricante alemã, que na realidade é uma reestilização da segunda geração do modelo, lançada em 2015. Agora, além de mais tecnológico, o modelo é oferecido apenas com a configuração de 7 lugares, sem opção de 5 passageiros. Com visual interno e externo renovados, o SUVzão traz frente totalmente inédita, com a nova identidade visual da marca, além de traseira e interior novos.

O motor 3.0 V6 TFSI, apesar de ser o mesmo de 2015, recebeu melhorias e agora passa a gerar 340 cv e 50,4 mkgf de torque (ante 333 cv e 44,8 mkgf da linha anterior), associado ao mesmo câmbio automático tiptronic de 8 velocidades. Com tração integral Quattro de série, o modelo faz de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos e atinge os 250 km/h de velocidade máxima (com limitador eletrônico), dados da própria fabricante.

Sendo o maior SUV da Audi atualmente, o Q7 se destaca pelas boas dimensões: são 5,0 m de comprimento, 2,21 m de largura e pouco menos de 3,0 m de entre-eixos. Com a opção de rebatimento da terceira fileira de bancos, ele pode ter até 740 litros de capacidade no porta-malas (configurado para carregar sete pessoas, o compartimento acomoda até 259 litros).

Entre as novidades, se destaca uma curiosa tecnologia para economizar combustível: composto por uma bateria de íon-lítio e um sistema elétrico primário, esse sistema permite que o carro trafegue desligado em velocidades entre 55 e 160 km/h dependendo da situação, e caso seja necessário o religamento do motor, um alternador de correia do próprio sistema elétrico dá a partida no propulsor com o carro em movimento, de forma praticamente imperceptível. Além disso, também está presente o sistema Start&Stop, com desligamento do motor em velocidades abaixo de 22 km/h, priorizando a economia de combustível e reduzindo a emissão de gases poluentes.

Também já disponível na rede de concessionárias da marca, o Novo Q7 2021 é oferecido em duas versões. Confira preços e equipamentos abaixo:

3.0 TFSI (versão sem nome) – R$414.990

Ar-condicionado dual-zone, bancos dianteiros com ajustes elétricos (e memorização de posição para o motorista), carregamento de celular por indução, porta-malas com abertura/fechamento elétricos, faróis em LED e seis airbags. Como opcional, estão o Pacotes Conforto (ar-condicionado quadri-zone, câmera de 360º, sistema park assist, 2 portas USB traseiras, preparação pra telas de entretenimento traseiras e encostos de cabeça dianteiros com regulagem de profundidade), Pacote ACC (controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência em faixa e assistente de tráfego pesado), além da roda de liga-leve aro 21 e do teto solar panorâmico.

S-Line – R$459.990

Itens de série da 3.0 TFSI mais todos os opcionais da versão anterior, além do kit S-Line (com detalhes estéticos para realçar a esportividade). Opcionalmente, está o Pacote Black (rodas, frisos, retrovisores, colunas internas e teto do interior escurecidos), e o pacote S-Line (sim, a versão S-Line tem o pacote S-Line como opcional, que é composto pelos bancos mais esportivos e forrados em couro diferenciado).

Além dos opcionais de cada versão, existem alguns equipamentos disponíveis tanto para a configuração 3.0 TFSI quanto para a S-Line: Pacote Side Assist (que inclui o alerta de colisão traseiro, aviso de desembarque de passageiros, alerta de mudança de faixa e alerta de tráfego cruzado com frenagem emergencial), Pacote S-Line interior (bancos esportivos, head-up display, suspensão pneumática adaptativa, conjunto óptico full-LED Matrix e eixo traseiro com rodas que giram até 5º para manobras), iluminação interna personalizável, assistente de visão noturna e sistema de som Bang & Olufsen.

As cores Branco Geleira, Prata Florete, Preto Orca e Preto Noite são comuns para as duas versões, mas cada configuração possui outras três variações: na primeira é possível escolher também Azul Galáxia, Cinza Samurai e Branco Carrara, enquanto na S-Line estão disponíveis Azul Navarra, Cinza Daytona e Vermelho Matador.

Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.