(Lançamento) BMW X1 de terceira geração já está à venda por R$297 mil

Sem muito alarde, a BMW lançou nessa semana a terceira geração de seu SUV compacto X1. O modelo, famoso no Brasil há mais de uma década, é nacional, feito na planta de Araquari (SC), e mantém a plataforma modular UKL2 da geração anterior. Apesar disso, está totalmente novo na carroceria e interior, crescendo nas dimensões e recebendo tecnologias inéditas. São três versões disponíveis: sDrive18i de R$296.950, sDrive20i X-Line de R$328.950 e sDrive20i M Sport de R$349.950.

Foto: BMW/divulgação

Por esses valores, ele chega sendo um dos carros de produção nacional mais caros. Por fora, há um enorme quê de seus irmãos maiores X3 e X5, com aparência mais robusta e esportiva. São 7 cm a mais no comprimento (chegando aos 4,5 m), 2 cm a mais no entre-eixos (passando a 2,69 m), outros 2 cm extras na largura (1,84 m) e bons 5 cm a mais de altura (1,64), o que a deixa bem próximo do seu arquirrival Audi Q3. Na verdade, os dois agora são praticamente idênticos no tamanho, diferindo apenas na altura (o Q3 é mais baixo).

Foto: BMW/divulgação

Apesar de estar maior, o X1 perdeu alguns litros de porta-malas, comportando agora 476 litros, ante os 505 da linha anterior. As rodas, assim como a carroceria, cresceram: 18 polegadas para a versão de entrada, 19 polegadas para a intermediária e 20 para a topo de linha. Seu interior foi renovado, mas ainda segue próximo ao do sedan Série 3, com multimídia de 10,7” (trazendo inúmeros serviços e conexões wireless com smartphones) e instrumentos digitais de 10,2” integrados numa ilha digital inteiriça, além de novo volante, bancos e por aí vai.

Dentre os itens de série, Park Assist, ar-condicionado automático digital trizone, chave presencial, tampa do porta-malas com abertura elétrica presencial, pacote Driving Assistant Plus (vários assistentes inteligentes de condução), head-up display, teto-solar panorâmico, sistema de som assinado pela Harman Kardon, carregador de celular sem fio, bancos em couro com ajustes elétricos dianteiros, faróis full-LED adaptativos, comandos de funções do carro por voz (“Olá BMW”) etc.

Foto: BMW/divulgação

Mecanicamente há mais novidades com a adoção do motor 1.5 tricilíndrico turbo para a versão mais em conta, configuração inédita no nosso mercado. Esse propulsor, vindo do hatch 118i e com injeção direta, trabalha apenas com gasolina, gerando 156 cv de potência e 23,4 mkgf de torque. Embora não tenha divulgado dados de desempenho do X1 1.5 turbo, a BMW fala em boas médias de consumo segundo o INMETRO: 11,4 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada.

Foto: BMW/divulgação

As mais caras, sDrive20i X-Line e sDrive20i M Sport, compartilham do mesmo trem de força, também renovado. Aqui há um 2.0 turbo de quatro cilindros em linha, com injeção direta e duplo comando variável, de 204 cv de potência e 30,6 mkgf de torque. Ele também só bebe gasolina, mas entrega o melhor desempenho do X1: 7,6 segundos na prova de 0 a 100 km/h e máxima de 236 km/h, segundo dados oficiais.

Foto: BMW/divulgação

Em ambos os casos, seja 1.5 turbo ou 2.0 turbo, há uma transmissão automatizada de dupla embreagem (StepTronic) de sete velocidades, que entrega a força para as rodas da frente.

Já disponível na rede de concessionárias da marca, com cerca de 55 pontos, a terceira geração do SUV BMW X1 tem seis opções de cores para a carroceria: Branco Alpino, Preto Safira, Azul Phytonic, Verde Cape York, Prata Space e Azul Portimão. Há ainda três tons de acabamento interno: totalmente preto, preto com marrom e preto com cinza. A garantia é de dois anos sem limite de quilometragem.

Compartilhar:
Com 21 anos, está envolvido com o meio automotivo desde que se conhece por gente através do pai, Douglas Mendonça. Trabalha oficialmente com carros desde os 17 anos, tendo começado em 2019, mas bem antes disso já ajudava o pai com matérias e outros trabalhos envolvendo carros, veículos, motores, mecânica e por aí vai. No Carros&Garagem produz as avaliações, notícias, coberturas de lançamentos, novidades, segredos e outros, além de produzir fotos, manter a estética, cuidar da diagramação e ilustração de todo o conteúdo do site.