(Lançamento) Taos, o anti-Compass da Volkswagen, chega custando a partir de R$155 mil

Depois de vários teasers, amostras, apresentações limitadas e informações dadas à moda de conta-gotas, a Volkswagen do Brasil lançou oficialmente seu novo SUV médio, o Taos. Fabricado na Argentina, ele chega para rivalizar com os novos Jeep Compass e Toyota Corolla Cross, além de Chevrolet Equinox, Kia Sportage, Hyundai New Tucson e cia, e estará disponível em três versões (Comfortline, Highline e Launching Edition, uma série especial de lançamento), custando entre R$154.990 e R$191.060.

Feito sobre a base modular MQB (a mesma de Polo/Virtus, T-Cross, Jetta, Tiguan e Nivus), ele também compartilha a mecânica com seus irmãos de plataforma: o motor é o conhecido e moderno 1.4 TSI flex, com turbo e injeção direta, rendendo 150 cv e 25,5 mkgf a partir de 1.500 rpm (tanto com gasolina quanto com etanol). Ligada a ele, está a também tradicional transmissão automática de 6 velocidades, fornecida pela Aisin, e presente em vários carros do mercado nacional (incluindo seu rival Jeep Compass 1.3 turbo flex). O destaque do novo utilitário da VW é o baixo peso: apenas 1.420 kg. Com uma boa relação peso X potência, os números de desempenho agradam, cumprindo a prova de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos e atingindo os 194 km/h de velocidade máxima.

Ainda segundo a VW, o Taos é o mais espaçoso da categoria, superando todos os seus rivais. No tamanho, são 4,46 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,62 m de altura e 2,68 m de entre-eixos. O porta-malas também é bom, comportando até 498 litros. Para se ter uma ideia, comparado com o Compass, o VW é 4 cm mais longo, 2 cm mais largo, tem 5 cm a mais na distância entre-eixos e os dois se igualam na altura. O porta-malas do Jeep tem 410 litros, ou seja, 88 litros a menos que o do Taos.

Como pede o mercado, ele pode ser recheado de modernidades e assistentes de condução, como por exemplo carregador de celular sem fio, sensores de chuva e crepuscular, painel de instrumentos digital, alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, monitor de ponto cego, piloto automático adaptativo (ACC), alerta de tráfego cruzado ativo, monitor de ponto-cego, conjunto óptico full-LED (faróis, luzes de neblina e lanternas), entre outros.

Ao todo, o Taos poderá ser pintado em seis cores: Preto Mystic, Branco Puro, Prata Pyrit, Cinza Indium, Azul Atlantic e Bege Mohave. A distribuição na rede de concessionárias VW deverá ocorrer durante o próximo mês de junho, e a pré-venda do modelo, que contava com 300 unidades, se esgotou em poucos minutos!

Veja abaixo os preços e equipamentos de cada versão:

Comfortline – R$154.990

Entre os itens de série, destaque para o ar-condicionado digital dual-zone com saída para os passageiros traseiros, carregador de celular sem fio, direção elétrica, controlador automático de velocidade (Piloto Automático), sensores de chuva e crepuscular, chave presencial para destravamento das portas e partida do motor, volante multifuncional com paddle-shifts, painel de instrumentos digital com tela de 8 polegadas, multimídia de 8” com conexões Android Auto/Apple CarPlay e câmera de ré, entre outros.

São dois pacotes de opcionais, que não tiveram seus preços divulgados: Conforto (bancos em couro com aquecimento e ajustes elétricos para o motorista), e Segurança (alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência e piloto automático adaptativo – ACC).

Highline – R$181.790

Itens da Comfortline + piloto automático adaptativo (ACC), alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, monitor de ponto-cego, alerta de tráfego traseiro cruzado, seletor de modos de condução, bancos em couro com aquecimento e ajustes elétricos para o motorista, luzes em LED na grade frontal, conjunto óptico full-LED e painel de instrumentos digital de 10,25”.

O único opcional da versão Highline é o teto-solar panorâmico, também sem preço definido.

Launching Edition – R$191.060

Itens da Highline + teto, coluna e espelhos retrovisores externos pintados de preto, rodas de liga leve aro 18 escurecidas, interior exclusivo, sistema de som Beats e teto-solar panorâmico. Na Launching Edition, o carro é sempre pintado na cor Bege Mohave.

Compartilhar:
Tem 20 anos, atualmente cursa Publicidade e Propaganda na Universidade Paulista, é filho do jornalista Douglas Mendonça, e desde que se conhece por gente, convive com carros e está envolvido no mundo automobilístico. Aprendeu a ler nas revistas automotivas, cresceu frequentando oficinas, corridas, encontros e eventos com o pai, e daí veio sua maior paixão: os carros. Um gearhead legítimo, Lucca se tornou o braço direito do pai após sua perda de visão em 2012, ajudando na produção de matérias, reportagens, avaliações e textos sobre carros. No Carros & Garagem, é responsável pela cobertura de eventos de lançamento de novos veículos, e produz avaliações, fotos e comparativos de modelos. Os carros estão até nos seus hobbies: Possui um acervo com mais de 300 manuais do proprietário de veículos diversos, incluindo antigos e modernos, além de colecionar revistas, folders, catálogos, e vários outros materiais automotivos.