(Lançamento) Novidades elétricas: JAC e-JS4 e Fiat 500e

As opções de modelos elétricos no Brasil estão ainda maiores. De uma vez só, a JAC Motors e a Fiat lançaram dois novos representantes eletrificados: estamos falando do SUV e-JS4, de R$249.900, e do subcompacto retrô 500e, de R$239.990, respectivamente. Enquanto a JAC é a marca com maior atuação no ramo dos carros elétricos no país, a Fiat está estreando no segmento com seu novo 500e, e apesar dos preços bem próximos e dos lançamentos praticamente simultâneos, os dois carros são totalmente diferentes…

JAC e-JS4 – R$249.900 (versão única)

Foto: JAC/Divulgação

Começando pelo JAC, o e-JS4 é, na realidade, a variação elétrica do SUV médio T60, mantendo inclusive o mesmo visual externo e interno do modelo que ele se origina. Equipado com uma propulsão elétrica capaz de gerar 150 cv e aproximadamente 34 mkgf de torque, ele traz baterias de lítio de 55 kWh e tem até 420 km de autonomia declarada no ciclo NEDC, ou aproximadamente 300 km no ciclo WLTP (mais próximo da realidade). Há ainda um sistema batizado de i-Pedal, que regenera a energia do sistema cada vez que o motorista tira o pé do acelerador, o que garante uma melhora de até 20% no alcance.

Mesmo sendo mais pesado que o T60 a combustão, esse novo SUV elétrico tem um desempenho bem interessante graças ao torque imediato do motor elétrico: são apenas 7,5 segundos para ir de 0 a 100 km/h, enquanto a velocidade máxima é limitada em 150 km/h para não sobrecarregar as baterias. O tempo estimado da recarga completa é de 8 horas, e ela pode ser feita em uma tomada convencional de 220V (claro, demorando muito mais tempo). Para quem tem mais pressa, o modo de carga rápida leva apenas 1h30min.

Foto: JAC/Divulgação

A lista de itens de série é bem próxima a do T60 convencional, trazendo ar-condicionado digital dual-zone, painel digital, multimídia de 10,2”, banco do motorista com regulagens elétricas de altura e distância, câmera 360º, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bancos em couro, teto-solar, 6 airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), controles de estabilidade (ESP) e tração (ASR), assistente de partida em rampas (Hill Holder), rodas de liga-leve diamantadas aro 17, entre outros. A estimativa da JAC é vender 50 unidades/mês até o final do ano, e o modelo já está disponível na rede de concessionárias da marca.

Fiat 500e – R$239.990 (versão única)

O pequeno Fiat 500 estreia uma nova geração no Brasil com essa versão eletrificada, e retorna depois de um hiato de alguns anos no mercado nacional. Por enquanto oferecido em uma única versão, a topo de linha Icon, ele está totalmente renovado, maior nas dimensões, mais moderno e tecnológico, mas ainda mantém a pegada de estilo do 500 original de 1957.

Foto: Fiat/divulgação

Com proposta ainda mais urbana do que antes, ele traz um conjunto de baterias de 42 kWh que garante até 320 km de alcance. No entanto, a Fiat declarou ter atingido os 460 km de autonomia durante seus testes em Betim (MG). A impulsão é feita por um motor elétrico de 118 cv e 22,4 mkgf de torque, capaz de levar o 500e da imobilidade aos 100 km/h em apenas 9 segundos.

São três modos de condução: Normal (o mais tradicional e próximo do uso convencional), Range (aumenta o freio-motor para regenerar mais energia) e Sherpa (uma espécie de “modo emergencial” onde o carro economiza o máximo de energia possível para garantir a chegada até um local de recarga, limitando a velocidade máxima, desativando ar-condicionado e por aí vai).

Foto: Fiat/divulgação

A recarga facilitada é um dos diferenciais do modelo. Pra começar, ele traz um cabo de 6 metros com plugue de tomada doméstica (220V), além de possibilitar o carregamento por corrente alternada/contínua em postos de recarga. Como terceira via, existe ainda um WallBox (uma espécie de posto de recarga para residências) da WEG, que é homologado pela Fiat e pode ser instalado por um valor adicional. Além disso, um modo de recarga ultra-rápida permite que o carro carregue o suficiente para rodar 50 km em apenas 5 minutos, ou 80% da carga completa em 35 minutos.

Bem recheado de itens de série, o pequeno Fiat traz desde ar-condicionado digital automático de duas zonas, um amplo pacote de assistências de condução, painel digital de 7”, multimídia de 10,2”, comando de várias funções do carro por app de smartphone, Wi-Fi embarcado para até 8 dispositivos, conjunto óptico inteiro em LED, bancos em couro, retrovisor interno fotocrômico, freio de estacionamento elétrico, carregador de celular sem fio, 6 airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), rodas de liga-leve escurecidas aro 16 e muito mais.

Foto: Fiat/divulgação

Mas é um carro para poucos: além do preço alto para a média dos elétricos, o 500e estará disponível em apenas 10 concessionárias Fiat em nove cidades brasileiras (Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Recife). Assim como o JAC e-JS4, o 500e já está sendo distribuído para os tais dez pontos de venda, e em breve poderá ser adquirido.

Compartilhar:
Tem 20 anos, atualmente cursa Publicidade e Propaganda na Universidade Paulista, é filho do jornalista Douglas Mendonça, e desde que se conhece por gente, convive com carros e está envolvido no mundo automobilístico. Aprendeu a ler nas revistas automotivas, cresceu frequentando oficinas, corridas, encontros e eventos com o pai, e daí veio sua maior paixão: os carros. Um gearhead legítimo, Lucca se tornou o braço direito do pai após sua perda de visão em 2012, ajudando na produção de matérias, reportagens, avaliações e textos sobre carros. No Carros & Garagem, é responsável pela cobertura de eventos de lançamento de novos veículos, e produz avaliações, fotos e comparativos de modelos. Os carros estão até nos seus hobbies: Possui um acervo com mais de 300 manuais do proprietário de veículos diversos, incluindo antigos e modernos, além de colecionar revistas, folders, catálogos, e vários outros materiais automotivos.