Ford Verona SR: O (quase) BMW da Souza Ramos

No final dos anos 80, com as importações fechadas, ter um carro exclusivo era para poucos, e não custava nada barato. Várias empresas criavam kits de personalização que, em muitas vezes, transformava os veículos-base por completo, fornecendo-lhes uma nova identidade. Empresas como Brasinca, Dacon, Envemo, Engerauto, Sulam, entre tantas outras, ajudaram a aumentar a gama de opções de veículos de luxo aos brasileiros mais afortunados.

A Sulam por exemplo, fazia conversíveis e criava versões de carros europeus famosos usando os modelos nacionais como base. Um Passat virava um Audi Quattro Sulam, o Fiat Prêmio virava uma interessante versão Targa turbinada, sem falar em versões pitorescas baseadas no Escort, Fusca e Brasília. Ainda fez versões conversíveis do Fiat Uno, Fusca, e até mesmo do Ford Ka (isso nos anos 2000) sob encomenda.

Feito sob encomenda, o Ford Kabriolet foi um dos últimos produtos exclusivos da Sulam (Foto: Sulam/divulgação)

A Souza Ramos, grande rede de concessionários da Ford no Brasil que operou de 1979 a 1996 com a SR veículos especiais, foi responsável por diversas criações únicas baseadas em veículos Ford. Foram muitas transformações icônicas, onde pick-ups ganhavam cabine dupla, tornavam-se utilitários esportivos ou até mesmo furgões, como os luxuosos SR Ibiza, Pampa SR, entre outros.

Até mesmo o Ford Maverick foi transformado em um estiloso Station Wagon 4 portas e com motor V8 302, tornando-se um dos mais belos carros de família de seu tempo. Nos anos 80, Ford Del Rey virava limusine e tinha até telefone a bordo, além de outros modelos que detalharei em breve, em textos futuros.

Hoje vou falar de um carro do início dos anos 90 bastante raro, e talvez você ainda não o tenha visto pessoalmente. Baseado no Ford Verona, ou em alguns poucos casos no VW Apollo, irmão gêmeo do Ford pela Autolatina, a SR criou o BMW Verona. O modelo tinha a pretensão de se parecer com o BMW M3 da época em luxo, esportividade e estilo – sim, também achei forçado.

O visual externo era repleto de modificações para deixá-lo parecido com a BMW M3 da época (ou, pelo menos, tentar) (Foto: Marco de Bari/revista Quatro Rodas)

O kit básico trazia uma reformulação do design exterior usando muita fibra de vidro com novo capô, para-choque dianteiro com spoiler, nova grade, novos faróis, faróis de milha, spoilers laterais, novo para-choque traseiro e aerofólio com break-light integrado. Como opcionais, trazia rodas de liga leve tipo BBS aro 14, pneus Firestone Firewalk 185/60, bancos e forros de porta revestidos em couro e a cereja do bolo: uma preparação no motor AP-800, o 1.8, intitulado AP-800 STA-1.

No motor, um novo comando de válvulas, cabeçote, coletores e carburadores trabalhados, resultavam em um aumento de potência de 15% se comparado ao motor original, fosse etanol ou gasolina. Na versão a gasolina, o Ford Verona saltava de 92cv para 105cv a 6000rpm com 15,4kgfm de torque a 3500rpm, fazia de 0 a 100km/h em 12s50 e chegava a 167,0km/h de velocidade máxima. Seu consumo era de 9,95km/l na cidade e 15,07km/l na estrada, números animadores dado o aumento de potência, já que pouco diferiam da versão original.

As modificações mecânicas feitas no AP-800 também garantiam um adicional de potência e torque ao modelo exclusivo (Foto: Marco de Bari/revista Quatro Rodas)

Os acessórios opcionais dependiam do modelo doador, mas quase sempre trazia ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, pois era necessário honrar o luxo de uma BMW M3, não é mesmo?!

Custando em setembro de 1990 Cr$ 2.500.000,00 no total, o preço era composto por Cr$ 1.600.000,00 do carro original, Cr$ 320.000,00 do kit básico e Cr$ 490.000,00 dos opcionais, equivalentes hoje a R$ 298.655,47, sendo R$ 191.139,50 pelo carro, R$ 38.227,90 pelo kit básico e R$ 58.536,47 pelos opcionais.

Em valores atualizados, o Verona SR, ou BMW Verona, se aproximaria dos R$300 mil (Foto: Marco de Bari/revista Quatro Rodas)

Sei que hoje parece surreal, mas antes da abertura das importações, se você quisesse um carro exclusivo e tivesse muito dinheiro, era assim que você faria.

Compartilhar:
Neto de jornalista, é formado em gestão de pessoas, tem pós em comunicação empresarial e Marketing digital. É criador dos canais Autos Originais e Auto & Autos, digital influencer e atua há 18 anos com consultoria automotiva, auxiliando pessoas a comprar carros em ótimo estado e de maneira racional. Especializou-se na história dos carros nacionais, principalmente nos modelos populares dos anos 80, 90 e 2000. Apaixonado por carros e viagens, rodou mais de 800mil km nas estradas dos países da America Latina. É também colecionador de miniaturas, emblemas automotivos, revistas automotivas e principalmente de histórias.