(Avaliação) Citroën C4 Cactus Feel Pack 1.6 16V: Ponto de equilíbrio

O C4 Cactus é um dos carros que mais brilhou com a era Stellantis. Se no passado ele chegou a amargar nas vendas com médias de 200 unidades/mês, hoje beira as 2 mil e aumenta cada vez mais. Um salto e tanto, que explica o “surgimento” de tantos Cactus rodando por aí ultimamente. Finalmente está crescendo e aparecendo.

E, claro, as versões mais vendidas são movidas pelo motor 1.6 16V EC5, de aspiração natural, com 115/118 cv de potência e 15,1/16,1 mkgf de torque (gasolina/etanol). Em conjunto com ele está o tradicional câmbio automático Aisin de 6 velocidades. Os Cactus turbo THP são (e sempre foram) caros, por isso se tornaram carros de nicho e hoje vendem pouco, apesar das inúmeras qualidades.

O Cactus é figurinha cada vez mais comum nas ruas, e quem domina nas vendas são as versões aspiradas (Foto: Lucca Mendonça)

Aqui temos a versão mais cara desse Citroën com o motor 1.6 EC5, a Feel Pack, tabelada em R$122.990. Por fora ela é idêntica a top de linha Shine Pack THP: As duas compartilham as bonitas rodas diamantadas aro 17, pneus de perfil alto, lanternas em LED, rack de teto preto brilhante, frisos cromados e outros charmes pela carroceria. Essa cor vermelha é de série, então não custa nada a mais.

A falta mais sentida quando se entra no carro é o couro dos bancos, que dá lugar a um tecido pouco confortável e até grosseiro. Por culpa dele o Cactus perde pontos em conforto e bem-estar interno. Os mais atentos também vão perceber a ausência dos airbags de cortina, que só equipam os modelos com motor THP. Ainda assim, no quesito segurança são quatro bolsas, duas frontais e duas laterais, além de controles eletrônicos de estabilidade e tração.

Por dentro dessa versão Feel Pack avaliada, o banco em tecido desaponta, e os airbags de cortina não estão disponíveis (Foto: Lucca Mendonça)

Pelo menos o bom acabamento do painel e encaixes bem feitos das peças agradam, mesmo com muito plástico duro, fora que alguns “luxos” como a boa multimídia de 7”, ar-condicionado digital automático (integrado à central), painel de instrumentos digital, sensor crepuscular e chave presencial estão presentes. Bem completo, esse Cactus Feel Pack entrega até mais conteúdo que a concorrência.

Ainda assim, o acabamento é bom e existem vários equipamentos tecnológicos a bordo (Foto: Lucca Mendonça)

Confortável e bom de guiar

SUV só aqui no Brasil: Mundo afora, o Citroën Cactus é um belo de um crossover, teoricamente concorrente de VW Nivus e Fiat Pulse, por exemplo. Mesmo um pouco modificado pra se passar por utilitário (suspensões foram erguidas, direção recalibrada e por aí vai), esse pseudo-SUV de projeto francês tem seu diferencial na condução bem próxima a de um hatch.

Originalmente crossover, o Cactus mantém o conforto e dirigibilidade apurada de um hatch (Foto: Lucca Mendonça)

Não é um carro baixo, então sem muitos problemas com obstáculos. Também tem a característica posição de guiar mais altinha e com boa visibilidade dos SUVs, mas a dinâmica da carroceria em curvas, desvios de trajetória e frenagens mais fortes é elogiável como a de um hatch. Esse sempre foi um dom do Cactus: Unir o melhor dos dois segmentos em um só automóvel.

Nesse lema de “melhor dos dois mundos”, lado SUV desse Citroën também brilha pela suavidade e silêncio ao rodar, resultado de um ajuste competente de molas/amortecedores e capricho no isolamento acústico. Quem se dá bem são os ocupantes, que viajam confortáveis e com espaço interno agradável para cinco ocupantes, sem problemas de pernas ou ombros apertados. Pena que o porta-malas tenha abertura muito alta e não seja muito grande…

Todos os ocupantes, incluindo os traseiros, vão confortáveis e com espaço de sobra (Foto: Lucca Mendonça)

Desempenho suficiente

Não é um THP e nem está perto disso, mas esse conjunto composto pelo motor 1.6 16V e câmbio Aisin AT6 agrada no uso. É suficiente para o uso urbano e rodoviário, já que a transmissão não hesita em reduzir marchas quando necessário e logo o motor entrega o torque máximo, disponível aos 4 mil rpm. Pelos dados oficiais, esse Citroën pode ir de 0 a 100 km/h em cerca de 12 segundos e chegar aos 190 km/h de velocidade final.

Motor 1.6 16V não faz milagres, mas agrada no uso diário (Foto: Lucca Mendonça)

Os apressadinhos contam ainda com modo Sport (ativado por um botão no console), que deixa o powertrain mais esperto, trabalhando em altas rotações e alongando as marchas. Por mais que você não curta acelerar muito, esse é o modo mais indicado para as ultrapassagens mais urgentes e retomadas de velocidade sem demora. Também existe a possibilidade de reduzir as marchas manualmente, na própria alavanca.

O câmbio permite trocas manuais na alavanca, e existem os modos Sport e Eco pra cada tipo de condução (Foto: Lucca Mendonça)

Quem definitivamente não quer pressa e prefere economizar combustível pode escolher o modo Eco: Aqui tudo fica “murcho” e focado em gastar pouco, desde acelerador, motor e a transmissão, que simplesmente ignora qualquer tipo de esportividade, sobe marchas o mais rápido possível e só faz reduções nos momentos de kickdown. Pelo menos desse jeito o Cactus fica ainda mais suave e silencioso, já que seu propulsor está quase sempre quieto e trabalhando entre 1.000 e 1.300 rpm.

Até 16 km/l de gasolina: Boas médias pra um SUV de mais de 1.200 kg e com motor antigo (Foto: Lucca Mendonça)

Funciona? E como! Com o tal modo Eco, o Cactus 1.6 EC5 chega a ficar até 30% mais econômico quando comparado com o Sport. Nos sete dias de uso quase diário, o carro chegou a bater os 11,4 km/l no ciclo urbano e até 16,0 km/l no rodoviário, com gasolina, obviamente. Nada mau pra um motor antigo e os 1.215 kg dessa versão.

Vale a pena?

Boa relação custo X benefício e muitos itens de série fazem dele uma boa pedida na faixa dos R$120 mil (Foto: Lucca Mendonça)

Pensando na relação custo X benefício, o Cactus, junto do seu irmão Peugeot 2008, são duas das melhores opções do segmento. E essa versão Feel Pack do Citroën parece ser a mais equilibrada da linha unindo o honesto motor 1.6 aspirado com uma ótima oferta de conteúdos e equipamentos de série. Sem opcionais, apenas acessórios, ela é completona e pode ser uma ótima pedida na faixa dos R$120 mil.

Ficha técnica:

Concepção de motor: 1.597 cm³, flex, quatro cilindros, 16 válvulas (quatro por cilindro), aspiração natural, injeção indireta de combustível, duplo comando de válvulas, variador de fase na admissão e escape, bloco em ferro fundido e cabeçote em alumínio
Transmissão: Automática com conversor de torque e 6 velocidades, com possibilidade de trocas manuais na alavanca
Potência: 115/118 cv a 5.800 rpm (gasolina/etanol)
Torque: 15,5/15,8 mkgf a 4.000 rpm (gasolina/etanol)
Suspensão dianteira: Independente, do tipo McPherson, com barra estabilizadora
Suspensão traseira: Eixo de torção com molas helicoidais
Direção: Do tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica progressiva
Freios: Discos ventilados na dianteira, tambores na traseira
Pneus e rodas: Pirelli Cinturato P7, medidas 205/55. Rodas de liga-leve aro 17
Dimensões (comprimento/largura/altura/entre-eixos): 4,17 m/1,71 m/1,53 m/2,60 m
Porta-malas: 320 litros
Tanque de combustível: 55 litros
Peso em ordem de marcha: 1.215 kg
Aceleração 0 a 100 km/h: 12,0/12,1 seg. (etanol/gasolina)
Velocidade máxima: 185/190 km/h (etanol/gasolina)
Preço básico: R$122.990

Itens de série:

4 Air Bags, Acionamento Das Luzes De Emergência Em Caso De Frenagem Brusca, Alarme Periférico, Apoios De Cabeça Dianteiros E Traseiros Com Regulagem, Assinatura Luminosa Em LED (DRL), Aviso De Não Utilização Do Cinto De Segurança Do Motorista, Cintos De Segurança Dianteiros E Traseiros De Três Pontos Com Limitador De Esforços, ESP (Controle Dinâmico De Estabilidade) + ASR (Anti-Patinagem), Hill Assist – Assistente De Partida Em Rampa, Faróis Dianteiros Halógenos, Faróis De Neblina, Fixação ISOFIX E Top Tether (Fixação Para Cadeiras De Crianças), Lanternas Traseiras Com Efeito 3D, Retrovisores Externos Com Regulagem Elétrica, ITPMS – Sensor De Pressão De Pneus, Travamento Automático Das Portas E Do Porta-Malas Com Veículo Em Movimento, Abertura E Travamento Das Portas Sem Chave “Mãos Livres”, Acendimento Automático Dos Faróis, Partida Sem Chave (Botão Start/Stop), Ar-Condicionado Digital Com Função A/C Max E Climatização Automática, Câmera De Ré, Computador De Bordo Com Indicador De Temperatura Externa, Econômetro, Regulador E Limitador De Velocidade, Volante Com Regulagem De Altura E Profundidade, Limpador Do Para-Brisa Automático Com Detector De Chuva, Tomada 12V, Vidros Elétricos Dianteiros E Traseiros Com Função One Touch, Bluetooth E Entrada Auxiliar USBCitroën Connect Radio – Central Multimídia Touchscreen De 7″, Android Auto E Apple CarPlay, Comandos No Volante, 6 Alto Falantes, Guarda Volumes Entre Os Bancos Dianteiros, Bancos Revestidos Em Tecido Tipo FLINT, Bancos Traseiros Rebatíveis (1/3, 2/3), Regulagem Manual De Altura, Inclinação E Profundidade Do Banco Dianteiro (Motorista), Regulagem Manual De Inclinação E Profundidade Do Banco Dianteiro (Passageiro), Volante Revestido Em Couro, Acabamento Interno Do Painel Em Cinza Com Soft Touch, Protetores Laterais De Porta – Airbumps®, Capa Do Retrovisor Com Pintura Brilhante, Maçanetas Das Portas Com Pintura Brilhante, Molduras Do Farol De Neblina E Do Airbump® Com Pintura Brilhante, Barras De Teto Longitudinais E Funcionais Tipo “Flottant”, Painel De Instrumentos Digital Com Indicação De Velocidade Numérica, Rodas De Liga Leve 17″ – Tipo ROBY ONE Diamantada Com Detalhes Preto Brilhante

Compartilhar:
Tem 20 anos, cursa Publicidade e Propaganda, é filho do jornalista Douglas Mendonça, e desde que se conhece por gente, convive com carros e está envolvido no mundo automobilístico. Aprendeu a ler nas revistas automotivas, cresceu frequentando oficinas, corridas, encontros e eventos com o pai, e daí veio sua maior paixão: os carros. Lucca se tornou o braço direito do pai após sua perda de visão em 2012, ajudando na produção de matérias, reportagens, avaliações e textos. No Carros & Garagem, é responsável pela cobertura de eventos de lançamento de novos veículos, e produz avaliações, fotos e comparativos de modelos.